A Costura Alpina

Uma melhor forma de organizar suas costuras

Muitas vezes você vai levar muitas costuras longas em vias longas ou em escalada alpina, para reduzir o arrasto da corda, para livrar arestas ou para dar segurança de um platô. Mas levar muitas costuras e fitas pode ser complicado. A solução? Costura alpina. dando voltas na costura torna ela em uma costura versatil para usar de forma rápida no baudrier. Aqui vai como fazer.

– Com um mosquetão em cada ponta da fita, passe um mosquetão por dentro do outro.

2º – Clipe este mosquetão nas duas partes da fita para transformar em uma costura.

3º – Para extender a costura, clipe um mosquetão a ancoragem, desclipe o outro mosquestão e reprenda-o a uma das pontas da fita, puxe o mosquestão e pronto! a costura vai estender-se totalmente.

Escalada de Aderência

Por: Jeff Achey – publicado na Climbing.com
Traduzido por em 16 de Fevereiro de 2016.

 

Escalada de aderência sem agarras de mão pode ser fácil ou desesperador, ou ambos ao mesmo tempo. Força tem seu papel, não há nada em que se segurar. Técnica e Controle mental são primordiais. Aderência normalmente envolve longas distâncias entre os pontos onde os conquistadores estavam desejando e onde eram capazes de parar e bater uma proteção. O caminho mais fácil para a próxima ancoragem pode não necessariamente ser uma linha reta.

Evite movimentos longos, altos degraus, e movimentos que joguem seu corpo para fora da rocha. Se você uma boa boarda para a mão, passe por ela com o mínimo de esforço até que possa ficar em pé nela e descansar. Velocidade é tão importante quanto movimento de corpo, e você pode se agarrar em nada. Pare e as sapatilhas vão escorregar. Queda em aderência normalmente é resultado da perda da confiança: Você para pra fora, ou fica ganancioso e da uma xxxx parada. Fique focado em seus pés e deixe sua visão periférica encontrar pontos tranquilos, onde pode fazer uma pausa, mas não fique extremamente focado em agarras especificas. Escale rapidamente com descansos minimos, até chegar na próxima parada.

Os erros podem ser assutadores, mas dá para evitar a queda. Quedas de aderência tendem a ser lentas e de baixo impacto Correr funciona para quedas curtas, mas a menos que você saiba como faze-lo, de preferência a deixar o corpo escorregar, mantendo a posição de escalada, deixe escorregar pelos seus pés, tapeando a rocha com as mãos para manter o equilibrio. Se você escorregar com as mãos na rocha sem tapear, vai queimar as mãos. Olhe para onde você está indo, esteja atento para desviar de grampos, chapas ou obstáculos que possam vir no seu caminho.

Como Cair

Por: Dougald MadDonald – publicado na Climbing.com
Traduzido em 16 de Fevereiro de 2016.

Escale mais forte ao aprender a cair com confiança

Cair é essencial para evoluir como um escalador. O Ditado já avisa, se você não esta caindo, não esta tentando duro o suficiente. Para evoluir, você precisa tentar movimentos que estão no auge da sua habilidade, quando você tenta duro o suficiente, você vai cair. Quedas de Top Rope são as mais seguras. Mas cair também pode ser bem seguro e protegido em quedas de guiada, desde que você tenha uma boa técnica e um bom segue. Antes de escalar em uma situação onde você pode vir a cair, pense nos perigos: em rochas de baixo angulo, se há uma borda ou quina abaixo que você pode vir a bater. Do Contrário, se coloque mais acima ou a baixo em um lugar mais seguro para levar um tranco.

Faça:

  • Avise ao seu segue se achar que pode cair. Grite “Se ligue”
  • Grite “Caindo!!!” ao se sentir escorregando. Não grite pegue, se você já começou a cair. Um bom segue de esportiva vai reagir diferentemente quando ouvir Caindo! ou Pegue!. Em ambos os casos, ele irá travar o freio, no entanto ao escutar pegue, provavelmente dara um passo atrás e travará a corda mais fortemente, para evitar que o guia se mecha, possivelmente criando uma queda acelerada
  • Olhe para baixo para ver onde vai cair e se há obstaculos. Isso te leva a uma melhor posicionamento de corpo, em caso de queda.
  • Respire fundo para ajudar o corpo a relaxar. Contando em voz alta, apesar de que você poderá perder alguns pontos no estilo
  • Relaxe suas pernas. Mantenha braços e pernas levemente curvados, com os joelhos moles e prontos para absorver qualquer impacto. Pense: Cair como um gato.
  • Mantenha as mãos para cima, para a frente e um pouco para o lado, para melhor equilibrio e evitar raspa-los sobre a rocha ou prender na corda. Deixe suas pernas abosreverm o impacto quando você balançar na parede.

Não Faça:

  • Cair com a corda entre seus pés ou pernas. Isso pode te dar uma queimadura ou até mesmo te virar de cabeça para baixo. Ao escalar, mantenha-se alerta de como a corda está se desenrolando; o Segue deve alertar caso você esteja esacalando com a corda atrás da perna. Mantenha-a na frente das suas pernas e pés, ou entre eles, especialmente proximo ao inicio de uma via, quando puxar após uma salicenta, e quando costurar. Se você esta atravessando, tente não pisar para que seu corpo fique entre a corda e a parede, ao invés disso o pé atras da corda. Assim ela permanece na sua frente. Se a cordar terminar entrando entre suas pernas ou tornoze-los, tome o tempo para se reposicionar.
  • Empurrar a rocha ao cair, a menos que você seja um especialista e saiba que se empurrar vai te livrar de uma borda ou outro obstaculo. Empurrar para fora apenas joga seu corpo para fora do equilibrio e coloca-o em posição para bater de volta para a parede quando a corda é esticada.
  • Agarrar qualquer coisa para tentar parar a si mesmo. Agarrando uma costura, proteção ou a corda é uma receita para queimar corda ou um dedo gravemente (Muitos alpnistias perderam dedos desta forma) Deixe a corda e o segue fazerem seus trabalhos.

Treinando Queda:

Cair é uma habilidade e a prática te faz fazer melhor. Praticar quedas diminui a tensão antes de uma escalada pesada, ou cura um período longo de medo.

  • Escolha uma escalada esportiva (in door ou outdoor) em uma face negativa ou levemente negativa
  • Escolha um segue experiente. Você quer ter confiança e quem tem experiência em pegar quedas.
  • Escolha um lugar com 12 a 15 metros, então há mais folga no sistema para absorver o impacto e não há chance de cair no chão.
  • Inicie com algumas quedas no Top Rope (simulando que você esta guiando, mas você teria clipado a ancoragem abaixo do seu baudrier. então caia com o nó a alguns centimetros da ancoragem, então um pé ou dois pés. Foque nos itens a fazer de uma boa técnica de quedas.
  • Prátique frequentemente para criar memória muscular e mental.