Limpando as ancoragens da via

Uma forma Segura e Rapida de limpar a ancoragem

Uma das melhores partes da escalada esportiva é a sua simplicidade: Costure algumas ancoragens ao escalar, e bem, isso é praticamente tudo! A parte mais complicada é limpar a via, em outras palavras, passar sua corda pelos anéis ou correntes no topo, para que você possa descer, pegue suas costuras e não deixe nenhum equipamento para trás. Este procedimento e potencialmente perigoso pois você devera se desencordar do Baudrier e se reencordar e depois de alguns erros ocorrerem, nos aprendemos a técnica a seguir com Rick Vance, gerente de informações técnicas da Petzl, e nós gostamos porque e simples, limpo, rápido e seu parceiro nunca solta sua segurança. Você precisará de duas costuras e um mosquetão de trava extra.

Quanto você chegar ao topo, costure as duas argolas ou grampos, com o mosquetão de baixo em direções opostas. Costure sua corda na corda da direita e costure a da esquerda direto no seu loop. (você pode ter que se puxar para cima uma das costuras para ficar próximo o suficiente da parada). Lentamente sente-se no Baudrier, a costura da esquerda deve segurar seu peso. Ache uma posição confortável para trabalhar na parada. (fig 1)

Mantenha seu parceiro na sua segurança por todo o processo. Peça por um pouco de folga e puxe uma braçada longa de corda que deverá correr entre a costura da direita e o no no seu baudrier, mantendo a corda clipada na costura. Amarre com um Fiel Duplo ou um oito e prenda com um mosquetão no seu loop, como back up (fig 2)

Solte totalmente o no de amarração (normalmente o Oito guiado). Passe a ponta da corda pelas argolas de baixo das ancoragens (cada sistema tem suas especificidades, dependendo de como a via esta equipada), então se amarre novamente com o oito guiado, pelos pontos de amarração no seu baudrier. Cheque duplamente se a croda passa tranquilamente pelas argolas e que o seu no está fixado corretamente (fig 3).

Desclipe o mosquetão de trava do seu loop e solte o no em que estava preso. Reconfira se a corda corre bem pelas ancoragens e que seu no de amarração esta correto. Peça ao seu segue que retese a corda, até que você se sinta sendo puxado para as ancoragens, teste o sistema pondo o peso na corda sem desclipar as costuras.

Uma vez que você estiver certo de que está tudo bem, lembre seu segue novamente para segurar, remova as costuras das ancoragens e as ponha no seu baudrier. Como você esta totalmente preso na corda será mais fácil retirar as costuras. Agora você esta pronto pra ser baixado e pegar seu equipamento!

Nota.: Descer de “baldinho” é uma pratica comum, mas tenha em mente que a fricção de cordas sujas estragam ancoragens muito rapidamente, especialmente em areas de alto movimento. Sempre confira as ancoragens para excessos de danos antes de descer, e considere rapelar ao invés do “Baldinho” para preservar as ancoragens e sua corda.

Um comentário em “Limpando as ancoragens da via”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *