Edelrid Eddy – Revisão

O Eddy não é um Grigri 2, e custa aproximadamente 25 dolares a mais. Precisa ler mais? Ok: O Eddy, o novo freio auto-block da Edelrid, pretende ser melhor na fraqueza do Grigri – sendo eles segurar a alavanca aberta ou não clipar os dois lados da peça juntos.

Indiscutivelmente existem melhorias na segurança do Eddy. Primeiro, os dois lados do equipamento são uma peça unica integrada, eliminando a chance de só clipar um dos lados do equipamento. E ao contrário do Grigri que usa a fricção da corda para encaixar um mosquetão e segurar a corda no lugar, o Eddy usa a fricção da corda para encaixar o mosquetão no lugar onde a corda trava. Eu posso ver essas melhorias de segurança, no entanto o Eddy travou em todas as funções que eu testei, de descer ou alimentar a corda. Eu experimentei segurando o Eddy em posições diferentes com as mãos, mas o equipamento inevitavelmente e invariavelmente travou, levando-me a lutar para descobrir como destravar o mosquetão (pressionando-o para baixo ele irá liberar) para continuar alimentando corda.

O Eddy, um sodomita mais pesado a 351g (contra 170g do Grigri 2), também vai travar se o segue puxar a alavanca inteira até o final. Isso elimina o risco de um segue destraído lhe soltar devido caso trave a alavanca para trás inadvertidamente. Eu achei esse atributo especialmente chato, e ainda mais uma segurança superflua. Faz com que o curso da alavanca se torne muito pequeno – Você terá que soltar a alavanca de volta para poder baixar seu parceiro.

Para completar, o Eddy é bom. Vai pegar e baixar qualquer escalador, até mesmo para cordas de até 9mm! No entanto comparado ao Grigri 2, perde o sentido! Eu achei o Eddy dificil de usar.

Sobre a Avaliação

O Eddy recebeu 3 estrelas de cinco porque é muito caro, pesado e não ser tão fácil de usar quanto o Grigri 2

Por: Rock and Ice (versão web) – Andrew Bisharat
Traduzido por Allysson Laurentino em 10 de Maio de 2016.

Petzl Grigri 2 – Revisão

Nos 20 anos desde que o Petzl Grigri foi inventado, nenhum outro “freio assistido” tem conseguido competir com sua ergonomia, confiabilidade e performance. Até agora.

O Petz Grigri 2 é uma grande evolução do que já era um grande equipamento. Essa versão é menor e mais leve, funciona melhor nas cordas finas modernas, freia melhor do que antes e dá melhor controle quando descendo.

Eu testo muito equipamento, mas eu nunca vi algo criar tanto barulho entre escaladores na montanha e no ginásio. Em uma ocasião, o Grigri 2 foi na realidade roubado do meu pacote (“você sabe que é você seu holandes bastardo”). Após oito meses de testes eu posso dar minha opnião.

Petz recomenda usar o Grigri 2 com cordas de 8.9mm a 11mm; virtualmente qualquer corda simples disponível no mercado hoje em dia. Essa marca é a mais significativa melhoria sobre o Grigri anterior, que oficialmente deveria funcionar com cordas de 10 a 11 mm. Cordas tem afinado nas últimas duas década, e desde os dias de Clinton e do Rock Grunge, nenhum escalador de respeito que eu conheça usa uma corda mais grossa que 9.8mm, ainda assim a maioria continuou a usar o Grigri. Eu confesso que usei cordas tão finas quanto 9.1mm no Grigri antigo – e o equipamento travava bem em quedas, descer poderia ser dificil, trabalhoso e arriscado.

Eu coloquei o Grigri 2 sob um teste moderno: Usando uma corda escorregadia nova, 8.9mm, corda simples. Eu fiquei surpreso quão bem o Grigri 2 funcionou bem com essa corda desconcesrtantemente fina. Ele pegou quedas sem problemas, e até meu parceiro, que é mais pesado que eu 20kg, foi capaz de me baixar na corda 8.9 com total controle. Em comparação, eu testei meu antigo Grigri e não consegui fazer ele travar de forma alguma! Então esta confirmado: O Grigri 2 de fato funciona melhor com cordas finas.

Isto dito, a 8.9mm estava quase fina demais, para ser usada no Grigri2. Funciona, mas eu senti como se eu precisasse tomar cuidado com a corda escorregadias como eu fiz quando dei segurança com meu Grigri antigo e usei cordas novas e finas. Eu recomendo usar o Petz Freino – o mosquetão que permite redirecionar o final do freio e baixar com mais controle.

Ao contrário do espectro, eu testei o Grigri 2 com minha corda grossa e antiga de 10.2mm e ela passou pelo equipamento sem problemas. WOW isso é uma grande variação para um equipamento de freio assistido, sob qualquer perspectiva.

Com aproximadamente 170 gramas (5,9 onças), o Grigri 2 é 20% mais leve e 25% menor que seu antecessor. Parte da redução de peso vem do tamanho menor, mas a Petz também redesenhou a alavanca. Essa mudança é onde as duas peças se diferenciam. O Grigri antigo projetava a alavanca pra cima e pra fora quando se conectava o mosquetão; ele se projetava tanto que permitia que você o liberasse ao empurrar o peso sobre ele para baixo (sem precisar mover a alavanca). Anteriormente, era assim que eu liberaria corda para meu parceiro de escalada quando ele voltasse a escalar liberando o peso da corda. No entanto, a nova alavanca, mais magra não se projeta, não permitindo assim a alavancagem. Isto resulta em maior dificuldade para liberar sem abrir e puxar a alavanca para trás. Eu vejo isso como uma grande melhoria na segurança, pois fica mais dificil de liberar seu parceiro acidentalmente.

Esse novo design mais ergonomico, encaixa melhor sua mão e funciona melhor com a “nova técnica de segurança” para dar corda, agora recomendado pela Petzl.

Em comparação com o antigo Grigri, descer m escalador de baldinho com o Grigri 2 é como dirigir um carro com controle de tração e outro sem. O Grigri 2 lhe dar maior controle, graças a algo que a Petz chama de “descensão progressiva controlada”. Esse mecanismo foi descrito para mim como o oposto a um “arco composto” – no qual você o puxa para tras na linha e as polias do arco te ajudam a fazer força. O Grigri 2 é o reverso disto, a cada 3 graus que você o puxa de volta no processo de descida, as polias internas apenas abrem 1 grau. O resultado é uma descensão muito mais suave e controlada – algo que eu apreciei bastante enquanto rapelando ou descendo na minha corda de 8.9mm.

Escaladores de Tradicional, de muitas enfiadas e big-wall descobriram que o Grigri 2 cabe no baudrier melhor do que o seu antecessor.

Por: Rock and Ice (versão web) – Andrew Bisharat
Traduzido por Allysson Laurentino em 10 de Maio de 2016.