O Revolucionário freio da Wild Country – Revo

26 de maio de 2016,

A Wild Country anuncia o novo freio REVO, com a sua segurança revolucionária e manuseio intuitivo.

A Wild Country lançou a seguinte informação: “Dando continuidade aos quase 40 anos de inovação em equipamentos de escalada que iniciou-se com o equipamento móvel, Friend em 1977, a Wild Country hoje anuncia o primeiro freio assistido bi-direcional”

Este é um design inovador para a segurança que supera uma das causas mais comuns de acidentes relatados com freios; o engate errado da corda no freio. Não importa qual a orientação com que a corda é alimentada, o REVO vai funcionar! feche e mantenha a corda alinhada para uma operação suave e precisa. Adicione a isso uma sistema de roldanas de inércia patenteado de auto-bloqueio em caso de quedas inesperadas; O REVO surge como o freio mais seguro disponível no mercado.

O avançado design do sistema de roldanas de inércia foi otimizado para ativar o sistema de trava-quedas sem danificar a corda, completamente bi-direcional este é o sistema mais avançado jamais criado. Desenvolvido para atender cordas de 8.5 mm a 11 mm, o REVO é compatível com qualquer modelo de mosquetão existente.

O Engenheiro de Design da Wild Country, James Wilson comenta: “No design do REVO nosso foco era criar uma ferramenta prática e usual que aumente a confiança e aprimore a experiência de dar segurança. O Design inovador possibilitou que nós incorporássemos uma camada extra de segurança, enquanto mantivemos o manuseio de forma intuitiva que um sistema de freio pode oferecer.”

O diretor de marketing da Wild Country, Steve Foster comentou: “O Foco da Wild Country é produzir produtos que facilitem a experiência da escalada. O Design simples mas sofisticado do REVO vai tornar fácil para um iniciante e assim como para os mais experientes em fornecer exatamente o que seu parceiro de escalada precisa, no momento em que precisar.”

Foi apresentado a um grupo de jornalistas de toda Europa em Sheffield. A Revista Climber teve a chance de experimentar o REVO e suas primeiras impressões são promissoras. O REVO é fácil de usar e resultou em quedas tanto suaves como tranquilas para o escalador guia e para o escalador que dá segurança. Nós tivemos a confiança de pular da parede e levar quedas com pessoas dando nossa segurança que acabamos de conhecer, algo que a maioria dos escaladores não fariam.

O Revo deverá estar nas lojas no ano novo e terá mais revisões durante este ano assim que tivermos um em nossas mãos.

Porque vocês entraram na jornada de desenvolver um novo sistema de freios?

A Wild Country tem pesquisado sobre a criação de novos sistemas de freios a alguns anos mas fundamentalmente precisaria ser inovador. Assim que tivemos o conceito ficou claro que o REVO poderia ser melhor que qualquer outro produto do mercado, não era exatamente porque faze-lo mas quando poderíamos começar.

O que você aprendeu durante o processo?

A fazer algo realmente novo e inovador, resolvendo problemas que outros tentaram antes e não conseguiram é algo realmente desafiador. Realmente tem sido uma longa jornada mas valeu todos os esforços.

Em que situações ele pode ser usado?

Qualquer situação em que normalmente você usaria um freio tradicional mas com a confiança de um sistema de freio assistido.

Vocês tiveram algum grande avanço no processo de design que não era esperado quando iniciou o projeto?

Existiam vários novos processos de fabricação e nós tivemos que ultrapassar os limites das técnicas existentes, a medida que o processo de fabricação evoluía nos percebemos quão especial e seguro nosso sistema era, você poderia deliberadamente fazer o REVO falhar e ainda assim ele funcionava perfeitamente.

Como se posiciona o REVO em relação a produtos icônicos como o Friend?

A Wild Country transformou a escalada na década de 70 e ao longo dos anos tem trazido um grande volume de novos produtos e técnicas de fabricação de produtos de escalada para o mercado. O REVO é um novo momento, como a introdução do Friend. Uma verdadeira revolução na escalada condizente com um  dos mais emblemáticos fabricantes de equipamentos de escalada.

Aprenda Isso: Dando Segue a um Escalador mais Pesado

publicado em climbing.com por Dave Sheldon

Escaladores que seus parceiros são 15 kg mais pesados ou mais normalmente são jogados quando o escalador guia leva uma queda. No entanto este fenômeno é desconcertante a primeira vista, porém pode ser perfeitamente seguro com algumas precauções simples – e pode permitir uma queda suave para o escalador. Alguns escaladores recomendam ancorar um segue mais leve ao chão, mas isso pode causar uma experiência dura ao cair. Na maioria dos casos, permitindo a um segue de escalada esportiva a mover-se para reduzir as chances de uma lesão para o guia e para o segue, e também reduz a força aplicada ao sistema.

 

a2 a1

                         

Posição: Quando dando segue, fique diretamente abaixo da primeira chapa/grampo. Se o guia cair, isso assegurará que você será jogado imediatamente para cima e não arrastado pelo chão ou ser arrastado pela pedra.

Tênis para cima: Use tênis com solado resistente, fechado nos dedos: não use sandálias! Como você estará com as duas mãos na corda, então serão seus pés que te manterão afastados da rocha. Em uma queda forte as forças podem ser violentas, então luvas para rapel podem ser bem vindas – e se você não for descolado demais – um capacete pode ser interessante.

Folga: Se a primeira chapa/grampo for muito próximo do chão, considere desclipa-la após ter a segunda chapa protegida; isso irá prevenir que o segue seja jogado de encontro a primeira costura. Ou use uma “stick clip” para “isolar” a primeira chapa/grampo, eliminando a descida pra desclipar ou a desclipagem acidental.

Terreno: Analise a area abaixo da primeir ae segunda chapa/grampo, seguindo seu caminho provável ou a trajetória acima. Há algum bico de pedra ou rocha pontuda para ficar ciente? ou a rocha é suave e tranquila? Perceba onde você provavelmente cairá – tomara que os pés primeiro! – a 1, 3 ou 5 metros acima. Se houver uma chance de ser arrastado para alguma coisa pontuda, ache outro via ou um segue mais pesado.

Esteja Pronto: Quando o guia cair da via, segure-se e trave o corpo inteiro para evitar ser catapultado. Não pule! Se o guia estiver baixo na escalada, considere abaixar-se em um joelho. Isso irá aumentar a distância entre o segue e o guia em um ou dois metros, o que deverá ser suficiente para evitar que os dois se choquem. Se o choque for inevitável, vire sua cabeça, mantenha a boca fechada para proteger sua mandíbula e não largue a mão da corda em hipótese alguma.

Esteja Alerta: A medida que você for puxado, mantenha seus pés abaixo de você – o movimento vai parecer um tipo rápido de rapel reverso. Sua meta é deixar o chão com equilíbrio.

Comunique-se: Agarras de descanso, bixos que podem sair de buracos, um bom segue deve estar preparado para uma queda a qualquer momento. Ainda assim, o guia pode ajudar. Quando uma queda parece ser uma possibilidade distinta, grite: “fique de olho” “se liga” deixe o segue em alerta máximo.